Terça-feira, 22 de Outubro de 2013

Kenneth Starr wanted

Da entrevista de Sócrates ao Expresso sei o que disseram os blogues que acompanho. Não a fui ler, por preguiça e enjoo, mas é como se tivesses lido - está aqui um bom resumo.

 

O homem foi anormalmente sincero até onde podia ser, isto é, sem se incriminar, e como declara a certo ponto que não quer mais "voltar a depender do favor popular" - suponho que a escassez de audiências à sua prédica semanal deve ter alguma coisa a ver com isso - talvez, com alguma sorte, possamos colocá-lo na galeria dos has-been.

 

Não é que ganhemos por aí além com a troca: Seguro só por milagre passará algum dia de lugar-tenente, e se por milagre passasse não é crível que uma não-pessoa socialista pudesse fazer algum bem; Costa é Sócrates com mais seriedade, savoir-faire e gravitas; e os outros putativos candidatos, mesmo os que, como Francisco Assis, nunca ficaram encandeados com o brilho de lantejoulas da criatura socratiana, têm uma fé inabalável nos poderes demiúrgicos do Estado, que por isso engordarão se as circunstâncias permitirem.

 

Tudo visto e ponderado, porém, há um ponto em que, infelizmente, não podemos pôr o consulado de Sócrates para trás e arquivá-lo na longa lista dos desastres nacionais. E não, não estou a falar da dívida, estou a falar disto.

 

Será difícil de perceber que nós não podemos ter um ex-primeiro ministro sobre o qual impendem tais suspeitas? Não por causa dele, mas porque isso confirma a convicção popular de que eles são uma corja de ladrões e que um regime cuja imprensa acusa e insinua, mas cuja Justiça não investiga, não iliba, não condena nem pune, é um regime corrupto.

 

Em tempos que parecem longínquos, disse sobre isto o que a meu ver se poderia fazer.

 

Não se fará, é claro, nada. E por isso, daqui a algum tempo, cá estaremos a comentar outro suspeito qualquer. Ou o mesmo.

Tags:
publicado por José Meireles Graça às 16:20
link do post | comentar
2 comentários:
De Tiro ao Alvo a 22 de Outubro de 2013 às 19:25
Embora tenha comprado o Expresso, não li a entrevista do Sócrates, nem tenciono fazê-lo.
Pelo que tenho ouvido aos meus amigos e pelo que li no Delito de Opinião, fiquei, penso eu, muito bem esclarecido, como pode ver:
http://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/5779509.html
De José Meireles Graça a 23 de Outubro de 2013 às 12:29
Sigo esse blogue, Tiro. E esse texto é excelente.

Comentar post

Pesquisar neste blog

 

Autores

Posts mais comentados

Últimos comentários

Tem razão, ignorava. Obrigado.
Muito bem! De referir apenas que já não existe, de...
Nem a proposito... ainda ontem lia esta noticia......
O autor deveria saber que para o Estado não ir á s...
Os novos inquisidores, a justificar a (miserável) ...

Arquivos

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Links

Tags

25 de abril

5dias

ambiente

antónio costa

arquitectura

austeridade

banca

banco de portugal

banif

be

bes

bloco de esquerda

blogs

brexit

carlos costa

cartão de cidadão

causas

cavaco silva

censura

cgd

comentadores

cortes

crescimento

crise

cultura

daniel oliveira

deficit

desemprego

desigualdade

dívida

educação

eleições autárquicas

ensino

esquerda

estado social

euro

europa

férias

fernando leal da costa

fernando ulrich

fiscalidade

francisco louçã

gnr

grécia

greve

impostos

irs

itália

jorge sampaio

jornalismo

josé sócrates

justiça

lisboa

malomil

manifestação

marcelo

marcelo rebelo de sousa

mariana mortágua

mário centeno

mário nogueira

mário soares

mba

nicolau santos

obama

oe 2017

orçamento

pacheco pereira

partido socialista

passos coelho

paulo portas

pcp

pedro passos coelho

política

portugal

ps

psd

público

quadratura do círculo

raquel varela

renzi

rtp

salário mínimo

sampaio da nóvoa

saúde

sns

socialismo

socialista

sócrates

syriza

tabaco

tap

tribunal constitucional

troika

ue

união europeia

universidade de verão

urbanismo

vasco pulido valente

venezuela

vítor gaspar

todas as tags

Gremlin Literário no facebook

blogs SAPO

subscrever feeds

Sitemeter