Sábado, 2 de Março de 2013

Estejam atentos à Itália

 

Na imagem uma síntese dos valores que serão entregues aos maiores partidos italianos que participaram nas recentes eleições. Note-se que o movimento de Beppe Grillo recusa o financiamento porque “é dinheiro dos cidadãos italianos”. Uma das bandeiras do Movimento 5 Estrelas (M5S) é a abolição deste financiamento que é ilegítimo. Ilegítimo porque em 2007, em referendo, os italianos aboliram o financiamento público aos partidos, e Berlusconi e o PD contornaram a decisão do referendo criando o “reembolso de despesas de campanha”, financiamento na mesma com outro nome.

 

Os conselheiros provinciais, os deputados à assembleia nacional e os senadores do M5S receberão apenas 2500 euros por mês e o excedente será depositado num fundo de solidariedade. Não terão direito, por escolha própria, a carros do estado, e usarão os transportes públicos nas suas deslocações de serviço.  

 

Entre deputados e senadores a Itália tem 915 membros nas duas câmaras. Cada um recebe, líquido, de salário e benesses por volta de 300 mil euros por ano (http://petizionepubblica.it/PeticaoVer.aspx?pi=P2011N6236). Além disso, após um curto período de exercício têm direito a pensões vitalícias de 4750 euros (líquidos) por mês mais benesses.

 

Um professor, da escola média em Itália, em início de carreira recebe por mês, 1300 euros líquidos. Um professor de liceu com cargo de liderança num conselho directivo, com 20 anos de trabalho, recebe 1800 euros, também líquidos, por mês.

 

A panela de pressão está a estourar. Sigam o que vai acontecendo por Itália, eu aqui estarei para ir dando notícias, mas penso que estamos provavelmente, perante um momento épico, em que uma significativa parte dos cidadãos de uma nação dizem “basta” ao establishment político. Uma potencial revolução pacífica (pelo menos até ver como reage o arco do poder).

 

Última nota: no actual parlamento, o partido com maior número de licenciados, idade média inferior e mais mulheres, é o M5S.  

Tags:
publicado por João Pereira da Silva às 17:36
link do post | comentar

Pesquisar neste blog

 

Autores

Posts mais comentados

177 comentários
16 comentários
10 comentários

Últimos comentários

Nem mais, os minhotos com razão.Ppq
Nos hospitais portugueses há 50 anos havia mulhere...
Só falta mesmo é a Ordem das Sopeiras, quero dizer...
O jornalismo cairá, por cá, como vai caindo por lá...
O conselho que costumo oferecer aos meus correspon...

Arquivos

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Links

Tags

25 de abril

5dias

adse

ambiente

antónio costa

arquitectura

austeridade

banca

banco de portugal

banif

be

bes

bloco de esquerda

blogs

brexit

carlos costa

cartão de cidadão

catarina martins

causas

cavaco silva

cgd

comentadores

comunismo

cortes

costa

crescimento

crise

crise política

cultura

daniel hannan

daniel oliveira

deficit

descubra as diferenças

desemprego

desigualdade

dívida

educação

eleições autárquicas

eleições europeias

empreendedorismo

ensino

esquerda

estado social

euro

europa

férias

fernando leal da costa

fiscalidade

francisco louçã

grécia

greve

impostos

irs

itália

jorge sampaio

jornalismo

justiça

lisboa

malomil

manifestação

marcelo

marcelo rebelo de sousa

mariana mortágua

mário centeno

mário nogueira

mário soares

mba

nicolau santos

obama

oe 2017

orçamento

pacheco pereira

passos coelho

paulo portas

pedro passos coelho

política

portugal

ps

quadratura do círculo

raquel varela

renzi

rtp

salário mínimo

sampaio da nóvoa

saúde

sns

socialismo

socialista

sócrates

syriza

tabaco

tap

tribunal constitucional

troika

ue

união europeia

urbanismo

vasco pulido valente

venezuela

vítor gaspar

todas as tags

Gremlin Literário no facebook

blogs SAPO

subscrever feeds

Sitemeter