Terça-feira, 23 de Abril de 2013

Pseudo-palavras-por-minuto

Este post é escrito pela mãe de L.

A L é uma menina de 7 anos feliz e bem disposta, que estuda no 2.º ano de um colégio em Lisboa. É uma aluna regular, esforçada e que gosta de aprender.

Hoje foi dia de reunião de pais.

A professora - de quem muito gostamos por que sim, e também porque consegue um ótimo equlibrio entre exigência e suavidade, criatividade e disciplina - apresentou as metas curriculares para Lingua Portuguesa de 2.º ano. Que dizem assim (meus sublinhados):

 

"Ler em voz alta palavras, pseudo-palavras e textos:
1. Ler pelo menos 50 de uma lista de 60 pseudo-palavras monossilábicas, dissilábicas e trissilábicas (4 sessões de 15 palavras cada).
2. Ler corretamente, por minuto, no mínimo, 35 pseudo-palavras derivadas de palavras.
3. Ler quase todas as palavras monossilábicas, dissilábicas e trissilábicas regulares encontradas nos textos lidos na escola e pelo menos 12 de 15 palavras irregulares escolhidas pelo professor.
4. Decodificar palavras com fluência crescente: bom domínio na leitura das palavras dissilábicas de 4 a 6 letras e mais lentamente na das trissilábicas de 7 ou mais letras.
5. Ler corretamente, por minuto, no mínimo 65 palavras de uma lista de palavras de um texto apresentadas quase aleatoriamente.
6. Ler um texto com articulação e entoação razoavelmente corretas e uma velocidade de leitura de, no mínimo, 90 palavras por minuto."

 

Este post é escrito pela mãe da L. 

A L é uma menina de 7 anos que devia estar a aprender o gozo de aprender. Em quem devia estar a ser estimulado o interesse pelas palavras, pelo que elas permitem falar de nós, dos outros e do mundo. Que são muitas. Que se escrevem de uma determinada maneira. E, claro, que captar tudo isto, torná-lo seu, implica esforço e trabalho.

A professora - de quem muitos gostamos - não devia ter que usar um cronómetro como instrumento de medição do que L, de 7 anos, já aprendeu.

 

Hoje foi dia de reunião de pais. Aprendi que o mundo é um lugar estranho. E embora consiga dizer isto em breves segundos, o "eco" destas palavras perdura por muito mais do que o tal minuto.

publicado por Ana Rita Bessa às 22:51
link do post | comentar

Pesquisar neste blog

 

Autores

Posts mais comentados

177 comentários
16 comentários
10 comentários

Últimos comentários

Se os alemães nos vem buscar engenheiros às dúzias...
Óptimo. Muito obrigado.
E quando pela primeira vez desde 2000 demos um val...
O professor Rebelo de Sousa, se lhe pedirem para d...

Arquivos

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Links

Tags

25 de abril

5dias

adse

ambiente

antónio costa

arquitectura

austeridade

banca

banco de portugal

banif

be

bes

bloco de esquerda

blogs

brexit

carlos costa

cartão de cidadão

catarina martins

causas

cavaco silva

censura

cgd

comentadores

comunismo

cortes

costa

crescimento

crise

crise política

cultura

daniel hannan

daniel oliveira

deficit

descubra as diferenças

desemprego

desigualdade

dívida

educação

eleições autárquicas

eleições europeias

ensino

esquerda

estado social

euro

europa

férias

fernando leal da costa

fiscalidade

francisco louçã

grécia

greve

impostos

irs

itália

jorge sampaio

jornalismo

justiça

lisboa

malomil

manifestação

marcelo

marcelo rebelo de sousa

mariana mortágua

mário centeno

mário nogueira

mário soares

mba

nicolau santos

obama

oe 2017

orçamento

pacheco pereira

passos coelho

paulo portas

pedro passos coelho

política

portugal

ps

quadratura do círculo

raquel varela

renzi

rtp

salário mínimo

sampaio da nóvoa

saúde

sns

socialismo

socialista

sócrates

syriza

tabaco

tap

tribunal constitucional

troika

ue

união europeia

urbanismo

vasco pulido valente

venezuela

vítor gaspar

todas as tags

Gremlin Literário no facebook

blogs SAPO

subscrever feeds

Sitemeter