Quinta-feira, 12 de Junho de 2014

Putedo Inteiramente Balizado

"O Observatório de Economia e Gestão de Fraude (ObeGef), da Faculdade de Economia do Porto, calcula que a economia paralela em Portugal tenha atingido um valor equivalente a 26,74% do PIB em 2012. Carlos Coimbra, membro da administração do INE critica a metodologia utilizada nesse tipo de estudos, nomeadamente, o facto de terem assumido, para um dado ano, 'um ponto de partida arbitrário' de 17% do PIB e de fazerem os cálculos como se o INE não incluísse já no PIB a sua estimativa para o que é a actividade económica não observada".

 

Isto é de rir: então dizem-nos há anos que a economia paralela é pr'aí um quarto do PIB, e agora, por um passe de mágica, afinal, é de apenas 13%?! E o Engº Paulo Morais, campeão destas coisas, como é que fica?

 

Não é que na realidade interesse muito: a principal utilidade na medição do PIB é poder compará-lo com anos anteriores e uns países com outros, e isso pode fazer-se sempre que os critérios de cálculo sejam os mesmos (desde que os PIBs passados sejam corrigidos, o que, aliás, é legítimo duvidar que seja feito, e certamente não o será no que já esteja publicado em papel). Mas são? A notícia fala da União Europeia e, salvo melhor opinião, conviria saber o que pensam destes assuntos, e o que vão fazer, outros espaços, em particular os EUA. E é também omissa na justificação: modificar os critérios de cálculo porquê?

 

É que a Europa não cessa de perder terreno em relação aos outros continentes. E essa realidade não vai certamente mudar por se definirem "a nível europeu regras de contabilização para as actividades relacionadas com prostituição, tráfico de droga e contrabando". Mesmo que os Franceses vivam na ilusão de serem grandes amantes; e ainda que as nórdicas tenham uma sólida reputação de promiscuidade, e os nórdicos de pamonhas: nada, absolutamente nada de científico, autoriza imaginar que os níveis de putedo sejam, na Europa, significativamente mais altos do que noutras paragens. O tráfico de droga é função da actividade policial - quanto mais actividade mais tráfico. E o contrabando, ainda que tenda a crescer na exacta medida das assimetrias fiscais entre países, não vai decerto atingir níveis que permitam aos dirigentes europeus dizerem: estão a ver, estão a ver como valeu a pena a estratégia de Lisboa?

 

Mas alguém, na democrática Europa, pariu esta nova versão do "Sistema Europeu de Contas - SEC", um prodígio de minúcia: no caso da prostituição, procura-se estimar indicadores como o número de pessoas a praticar esta actividade, o número de actos praticados e os preços praticados. Patriota como me honro de ser, espero que o INE tenha o jogo de rins necessário para, neste ponto, dar nas contas nacionais uma imagem lisonjeira do país, a benefício do turismo: praticantes inúmeros, actos inconfessáveis a granel e preços convidativos.

Tags:
publicado por José Meireles Graça às 14:47
link do post | comentar

Pesquisar neste blog

 

Autores

Posts mais comentados

177 comentários
16 comentários
10 comentários

Últimos comentários

As conclusões são simples, se houver honestidade, ...
Belo post; são muitos anos a virar frangos ?
Senhoras donas Carina Quintas DA Costa e Ana Rosa ...
Olá,eu sou a Carina Quintas DA Costa ,conheci um f...
Como é possível que uma pessoa que escreve tolices...

Arquivos

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Links

Tags

25 de abril

5dias

adse

ambiente

antónio costa

arquitectura

austeridade

banca

banco de portugal

banif

be

bes

bloco de esquerda

blogs

brexit

carlos costa

cartão de cidadão

catarina martins

causas

cavaco silva

censura

cgd

comentadores

comunismo

cortes

costa

crescimento

crise

crise política

cultura

daniel hannan

daniel oliveira

deficit

descubra as diferenças

desemprego

desigualdade

dívida

educação

eleições autárquicas

eleições europeias

ensino

esquerda

estado social

euro

europa

férias

fernando leal da costa

fiscalidade

francisco louçã

grécia

greve

impostos

irs

itália

jorge sampaio

jornalismo

justiça

lisboa

malomil

manifestação

marcelo

marcelo rebelo de sousa

mariana mortágua

mário centeno

mário nogueira

mário soares

mba

nicolau santos

obama

oe 2017

orçamento

pacheco pereira

passos coelho

paulo portas

pedro passos coelho

política

portugal

ps

quadratura do círculo

raquel varela

renzi

rtp

salário mínimo

sampaio da nóvoa

saúde

sns

socialismo

socialista

sócrates

syriza

tabaco

tap

tribunal constitucional

troika

ue

união europeia

urbanismo

vasco pulido valente

venezuela

vítor gaspar

todas as tags

Gremlin Literário no facebook

blogs SAPO

subscrever feeds

Sitemeter