Sábado, 19 de Abril de 2014

Sindicalismo liberal

Que o Senhor, na sua infinita misericórdia, me perdoe, mas eu estou de acordo com estas declarações: "O Estado não tem nada que se meter onde não é chamado" parece-me uma excelente palavra de ordem e faço votos de que Arménio e os seus camaradas a gritem a plenos pulmões, quando desfilarem no 25 de Abril deles.

 

Infelizmente, não se ficou por aquela nobre afirmação de princípios e resolveu dar-lhe conteúdo, clarificando que "a intromissão do Estado no sector privado é ilegal e abusiva nesta questão da contratação colectiva".

 

Dito assim, temos a burra nas couves. Porque realmente o que parece abusiva é a contratação colectiva em si: nem a CGTP representa os trabalhadores nem as confederações patronais representam os patrões; e mesmo que os sindicatos possam ter alguma representatividade, bem como as associações patronais, não está ela, nem nunca esteve, medida, nem se vê por que razão o Governo haveria de estar excluído de negociações cujo resultado tem força de lei, afectando todas as empresas, mesmo as que do associativismo querem distância, em matéria essencial como é a dos salários e regalias dos trabalhadores, sector a sector.

 

Mas isto, sendo muito, será ainda o menos, visto que com boas razões este evangelista do valor há muito grita que "existe mais variedade (no lucro, ou na produtividade) dentro de um sector económico, do que entre sectores económicos".

 

Temos então que a contratação colectiva na qual o Estado não se deve meter consiste num grupo de pessoas que se representam a si mesmas negociando com outras que acham, como Proudhon, que a propriedade é um roubo, para disporem do que não lhes pertence, vestindo o mesmo fato a corpos diferentes, fingindo acreditar que daí resultará um geral aprimoramento das toilettes.

 

É melhor estar o Estado, Arménio. Não está sempre, em quanta merda se faz?

publicado por José Meireles Graça às 23:23
link do post | comentar

Pesquisar neste blog

 

Autores

Posts mais comentados

Últimos comentários

A verdade é sempre um problema. Temos os problemas...
Obrigado eu por o ler.
De facto, o orgulho em nós próprios, nas nossas es...
Os comunas ou marxistas são assim em todo o lado...
Pura corrupção xuxa-kostista

Arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Links

Tags

25 de abril

5dias

adse

ambiente

antónio barreto

antónio costa

arquitectura

atentado

austeridade

banca

banco de portugal

banif

be

bes

bloco de esquerda

blogs

brexit

carlos costa

cartão de cidadão

catarina martins

causas

cavaco silva

censura

cgd

comentadores

cortes

crise

cultura

daniel oliveira

deficit

desemprego

desigualdade

dívida

educação

eleições autárquicas

ensino

esquerda

estado social

euro

europa

férias

fernando leal da costa

fernando ulrich

fiscalidade

francisco louçã

grécia

greve

impostos

irs

itália

jorge sampaio

jornalismo

josé sócrates

justiça

lisboa

malomil

manifestação

marcelo

marcelo rebelo de sousa

mariana mortágua

mário centeno

mário nogueira

mário soares

mba

nicolau santos

obama

oe 2017

orçamento

pacheco pereira

passos coelho

paulo portas

pcp

pedro passos coelho

política

portugal

ps

psd

público

quadratura do círculo

raquel varela

renzi

rtp

salário mínimo

sampaio da nóvoa

saúde

sns

socialismo

socialista

sócrates

syriza

tabaco

tap

tribunal constitucional

troika

ue

união europeia

urbanismo

vasco pulido valente

venezuela

vítor gaspar

todas as tags

Gremlin Literário no facebook

blogs SAPO

subscrever feeds

Sitemeter