Domingo, 23 de Outubro de 2016

Sob suspeita

Clipboard01.jpgOntem o Sol noticiou que Sócrates, com o dinheiro que o amigo ganhou a fornecer o Estado do qual era primeiro-ministro Sócrates, pagava 3.550 euros/mês a uma alma para esta colocar opinião e construir factos na blogosfera a coberto da aura de independência e voluntarismo que caracterizavam originalmente os blogs.

Ora bem, para quem anda na blogosfera há anos a notícia é velha. Já se sabia da natureza do Corporações desde o início do blog. E houve bastantes outros blogs de todas as áreas políticas a aparecerem e a imporem-se espalhando opinião comprometida e interessada.

3.jpg

Em Itália, a porca da política adoptou uma estratégia diferente com a blogosfera. Provavelmente porque os políticos italianos são os mais ricos da Europa (cerca de 250 mil euros/ano à cabeça para cada um dos 960 deputados ou senadores) e não estão para se chatear, põem os tribunais a tratar do assunto quando estes sentenciam que dada a elevada complexidade e responsabilidade do trabalho do jornalista, os bloggers ao escreverem estão também a fazer jornalismo e por isso devem pagar impostos correspondentes. Refinado, não é?

Naturalmente, a blogosfera italiana é muito pouco dinâmica relativamente à portuguesa. Há poucos blogs em comparação com Portugal e de qualidade geral baixa. Os cidadãos independentes e voluntaristas não estarão para se aborrecer e desistem de reportar, opinar e influenciar o podre e corrupto estado italiano.

Em Portugal vamos tendo mais sorte que não se pode dar como garantida. Ainda teremos mais trigo do que joio, mas todo o cuidado é pouco.

Boas leituras, e recordem-se de que mais vale um olho no burro e outro no cigano. 

galamba.jpg

 

 

publicado por João Pereira da Silva às 07:52
link do post | comentar
3 comentários:
De erreguê a 23 de Outubro de 2016 às 08:46
Quem faz um blog devia faze-lo por gosto. Mas se até os filhos às vezes nem são feitos assim...
De Alfredo a 23 de Outubro de 2016 às 22:08
Esta para comentar o tema do blogue mas, depois de ver o comentário da(o) "erreguê" fiquei sem pica e espero que a(o) "erreguê" não tenha filhos, pois eles ficariam com um desgosto para toda a vida ao saberem como foram concebidos.
De erreguê a 24 de Outubro de 2016 às 10:31
Peço desculpa se de alguma forma o desiludi, o meu cometário é uma anologia à musica da Simone, só isso.

Comentar post

Pesquisar neste blog

 

Autores

Posts mais comentados

Últimos comentários

Totalmente de acordo com o seu humaníssimo texto.C...
Já ouvi as palavras que escreveu saÍrem-me da boca...
Se calhar o problema será doutra dimensão e nem se...
Concordo. Não conheço terrorismo cristão, nem indu...
Em português correcto, do povo, há uma 'boca do co...

Arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Links

Tags

25 de abril

5dias

adse

ambiente

antónio costa

arquitectura

atentado

austeridade

banca

banco de portugal

banif

be

bes

bloco de esquerda

blogs

brexit

carlos costa

cartão de cidadão

catarina martins

causas

cavaco silva

censura

cgd

comentadores

comunismo

cortes

costa

crescimento

crise

cultura

daniel oliveira

deficit

desemprego

desigualdade

dívida

educação

eleições autárquicas

ensino

esquerda

estado social

euro

europa

férias

fernando leal da costa

fernando ulrich

fiscalidade

francisco louçã

grécia

greve

impostos

irs

itália

jorge sampaio

jornalismo

josé sócrates

justiça

lisboa

malomil

manifestação

marcelo

marcelo rebelo de sousa

mariana mortágua

mário centeno

mário nogueira

mário soares

mba

nicolau santos

obama

oe 2017

orçamento

pacheco pereira

passos coelho

paulo portas

pedro passos coelho

política

portugal

ps

público

quadratura do círculo

raquel varela

renzi

rtp

salário mínimo

sampaio da nóvoa

saúde

sns

socialismo

socialista

sócrates

syriza

tabaco

tap

tribunal constitucional

troika

ue

união europeia

urbanismo

vasco pulido valente

venezuela

vítor gaspar

todas as tags

Gremlin Literário no facebook

blogs SAPO

subscrever feeds

Sitemeter