Domingo, 22 de Julho de 2012

A tribo dos Nítidos Nulos

  

 

 

Garanto que não vi, mas parece que a dra. Carla aproveitou mais uma aberta no programa de variedades em que semanalmente participa para, citando Vergílio Ferreira (cuja "obra literária" é, de resto, infrequentável), chamar a este governo "um grupo de nítidos nulos".

 

A dra. Carla fala com a descontracção própria dos membros de uma tribo que se reconhecem. Mas a dra. Carla nunca se fica pelo fenómeno mediano: com a tenacidade que distingue os gloriosos, vai sempre mais longe.

 

No laboratório de "Ciências Sociais" aqui do Gremlin, temos uma cobaia do sexo masculino chamada Q28-7B/64 cujo comportamento observamos desde a década de 80, tomando notas. Não morde. E o fiel de armazém que toma conta dela desde o dia em que, recolhida num barco da Transtejo, foi conduzida às nossas instalações, tendo-se-lhe afeiçoado trata-a carinhosamente por Carlão.

 

A cobaia Carlão diz do Adérito que "ai filha, uma bichona!", e do Sérgio, e do Fernando, e do Rodrigo, e o mesmo diz Carlão de todas as outras cobaias que se encontram na sua "organização social". E se não forem é porque "ainda não sabem", e se não parecerem é porque "disfarçam muito bem". Sem hesitar, afirma que "essa Rodrigueta é uma bichona ordinária e intriguista", e "vê-se logo pela maneira como trinca a mortandéla" (Carlão diz "mortandéla"), e "essa mulher nunca me enganou, filha", porque "eu já levo uma longa carreira na bichice, pá". Regra geral, a cobaia Carlão remata o seu argumento de autoridade com uma observação do tipo: "acha-se uma grande machona mas tem ancas de parideira", por isso é que "até lhe chamam a Rodrigueta da Rabeta".

 

Tal como na cobaia Carlão, observo na dra. Carla um comportamento curioso: não se limita a reconhecer os elementos da mesma tribo. A dra. Carla, comentarista nitidamente nula, atribui aos outros as características próprias dos membros da sua tribo - estalando limites, exibindo a plumagem com orgulho triunfante.

 

Só não percebo porque é que à dra. Carla se lhe avolumam tanto as cordoveias do pescoço quando diz estas coisas. Parece zangada.

 

 

publicado por Margarida Bentes Penedo às 23:25
link do post
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


Pesquisar neste blog

 

Autores

Posts mais comentados

Últimos comentários

Que José Meireles Graça se tenha mudado para o DO ...
Como lhe escrevi em 5 de Agosto passado, o 'site' ...
Não sei que lhe diga, Gato, excepto que decidi pas...
O blog fechou? Aconteceu alguma fatalidade? Digam ...
Como me fiei em endereços do seu perfil, recebi a ...

Arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Links

Tags

25 de abril

5dias

adse

ambiente

angola

antónio costa

arquitectura

austeridade

banca

banco de portugal

banif

be

bes

bloco de esquerda

blogs

brexit

carlos costa

cartão de cidadão

catarina martins

causas

cavaco silva

cds

censura

cgd

cgtp

comentadores

cortes

crise

cultura

daniel oliveira

deficit

desigualdade

dívida

educação

eleições europeias

ensino

esquerda

estado social

ética

euro

europa

férias

fernando leal da costa

fiscalidade

francisco louçã

gnr

grécia

greve

impostos

irs

itália

jornalismo

josé sócrates

justiça

lisboa

manifestação

marcelo

marcelo rebelo de sousa

mariana mortágua

mário centeno

mário nogueira

mário soares

mba

obama

oe 2017

orçamento

pacheco pereira

partido socialista

passos coelho

paulo portas

pcp

pedro passos coelho

populismo

portugal

ps

psd

público

quadratura do círculo

raquel varela

renzi

rtp

rui rio

salário mínimo

sampaio da nóvoa

saúde

sns

socialismo

socialista

sócrates

syriza

tabaco

tap

tribunal constitucional

trump

ue

união europeia

vasco pulido valente

venezuela

vital moreira

vítor gaspar

todas as tags

Gremlin Literário no facebook

blogs SAPO

subscrever feeds