Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

Corrupção, nepotismo, incompetência e casas de banho

2019-08-23 Alexandre Frota banheiros.jpg

Quando eu for primeiro-ministro quero ter a capacidade de, quando me der jeito que me larguem a perna por ser apanhado todos os dias a traficar nomeações e adjudicações directas com amigos, amigos da família e famílias de amigos e a dar cabo do país por incompetências múltiplas, encontrar um osso para atirar à oposição que consiga fazer toda a oposição correr para o osso em vez de me discutir a mim.

O osso não precisa de ter carne. Não é preciso haver o risco de os meninos passarem a ir espreitar as meninas à casa de banho das escolas, ou irem mais do que vão agora, porque as célebres casas de banho são destinadas aos alunos transexuais, que são muito poucos em Portugal mas existem, e não as que os alunos que não são transexuais têm à sua disposição. Para o osso criar na oposição um sentido de urgência que a faz lançar-se em massa para o lado para onde foi atirado basta espicaçá-la com palavras de ordem como "ideologia de género" para ela acreditar na ameaça e largar tudo para saltar a persegui-la.

Eu neste ponto tenho que confessar que acho que sou a única pessoa que não consegue perceber o que é "ideologia de género".

Primeiro porque ideologia é uma coisa que se tem, não uma coisa que os outros dizem que se tem, e não vejo ninguém a assumir que tem ideologia de género, só vejo pessoas a denunciar a ideologia de género noutras. Até a ideologia do neoliberalismo sei pelo menos de uma pessoa que a assumia, que sou eu, mas a ideologia do género ainda não vi nenhuma assumir.

Depois porque não percebo, ou se calhar percebo muito bem, o motivo porque lhe chamam ideologia e não teoria ou outra coisa qualquer, na mesma medida em que não se chama ideologia, mas teoria, ao evolucionismo, ao heliocentrismo ou à relatividade.

Depois ainda porque não sei quantos géneros há nem é assunto que me tire o sono nem me levante interrogações sobre o meu, mas não me identifico com o género do/a socialite José Castelo Branco nem gostava de entrar numa casa de banho onde ele estivesse. Mas quem se identifica e goste, ou simplesmente ache que deve ser assim porque a ciência biológica o determina, que se divirta.

Para os poucos que ficaram quietos pode-se ainda lançar outro osso, por exemplo um apelo ao primeiro-ministro para impedir uma Câmara Municipal de abrir um museu municipal para expor o espólio que detém de António de Oliveira Salazar, osso que também é duvidoso que tenha carne porque não é claro que o governo tenha competências para interferir, impedindo, na abertura de um museu municipal.

Entre um e outro, os desejados ossos, poucos terão ficado sossegados e continuado atentos à governação. Hoje, por exemplo, ainda não veio a público nenhuma nomeação de padeiro para um gabinete governamental nem adjudicação directa de lenços de protecção inflamáveis, mas foi noticiado que o Ministério das Finanças impediu o INEM de adquirir 75 novas ambulâncias apesar de fazerem parte de um plano plurianual aprovado pelo ministro da Saúde anterior e de o INEM ter fundos para o fazer, proibição que o presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses qualificou como "deixar pessoas a morrer na valeta"

Pessoas a morrer na valeta? Who cares? Falta um mês e meio para as eleições que o costismo vai ganhar por falta de comparência da oposição mas não incomodem a direita com minudências, porque a direita agora está toda ocupada a resolver o problema das casas de banho das escolas.

Quando eu for primeiro-ministro quero uma oposição assim.

publicado por Manuel Vilarinho Pires às 12:47
link do post
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


Pesquisar neste blog

 

Autores

Posts mais comentados

Últimos comentários

O blog fechou? Aconteceu alguma fatalidade? Digam ...
Como me fiei em endereços do seu perfil, recebi a ...
Perceber da Vida é o melhor, gato. Obrigado.
Muito bom post, no seu estilo. Mordaz, q.b.E que e...
Extintores (https://www.comprarextintoresbaratos.e...

Arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Links

Tags

25 de abril

5dias

adse

ambiente

angola

antónio costa

arquitectura

austeridade

banca

banco de portugal

banif

be

bes

bloco de esquerda

blogs

brexit

carlos costa

cartão de cidadão

catarina martins

causas

cavaco silva

cds

censura

cgd

cgtp

comentadores

cortes

crise

cultura

daniel oliveira

deficit

desigualdade

dívida

educação

eleições europeias

ensino

esquerda

estado social

ética

euro

europa

férias

fernando leal da costa

fiscalidade

francisco louçã

gnr

grécia

greve

impostos

irs

itália

jornalismo

josé sócrates

justiça

lisboa

manifestação

marcelo

marcelo rebelo de sousa

mariana mortágua

mário centeno

mário nogueira

mário soares

mba

obama

oe 2017

orçamento

pacheco pereira

partido socialista

passos coelho

paulo portas

pcp

pedro passos coelho

populismo

portugal

ps

psd

público

quadratura do círculo

raquel varela

renzi

rtp

rui rio

salário mínimo

sampaio da nóvoa

saúde

sns

socialismo

socialista

sócrates

syriza

tabaco

tap

tribunal constitucional

trump

ue

união europeia

vasco pulido valente

venezuela

vital moreira

vítor gaspar

todas as tags

Gremlin Literário no facebook

blogs SAPO

subscrever feeds