Domingo, 3 de Junho de 2018

Abençoados sejam os pobres de espírito porque deles será o Reino dos Céus

Quando Cristo disse que os pobres de espírito eram abençoados e tinham lugar assegurado no Reino dos Céus estava certamente a pensar também nos artistas que conseguem vigarizar os outros sem perder a inocência.

Um dia, no fim do século XX, uma dessas artistas foi a convidada do programa da manhã da Antena 2, O Despertar dos Músicos, se a memória não me falha na altura em que a companheira de cabine do locutor Vítor Nobre era a, então, pianista Gabriela Canavilhas.

2018-06-03 Inês Pedrosa Corpo de Deus.jpg

No meio da conversa perguntaram-lhe pela bolsa. Na altura tinha sido instituída uma bolsa de subsistência de apoio à criação artística, a que ela tinha concorrido e lhe tinha sido atribuída, que era de trezentos contos por mês, o que na altura era dinheiro a sério correspondente, de acordo com os deflatores publicados pela Pordata, a dois mil trezentos e trinta euros actualmente. A pergunta continha alguma malícia, porque nem toda a gente considerava justo atribuir a criadores artísticos já consagrados com obra publicada, como era o caso dela, bolsas de subsistência de um valor correspondente a um salário inatingível pela esmagadora maioria dos trabalhadores. Mas ela não se desarmou e não acusou a malícia nem perdeu a inocência. E respondeu que os trezentos contos a ela lhe davam muito jeito, e para os contribuintes era um valor tão insignificante que nem lhes fazia diferença.

A falta de capacidade de detecção da malícia indicia alguma incapacidade para perceber o mundo e os outros, aquilo a que no tempo de Cristo se poderia designar por pobreza de espírito, mas também pode indiciar uma dose tamanha de inocência que se aproxima da santidade, que mais do que compensa a eventual esperteza de conduzir a inocência de um modo não aleatório mas sempre no sentido de proporcionar incrementos do conforto material ao inocente.

Conseguindo associar a inocência de um Chauncy Gardiner ao espírito empreendedor de um José Sócrates, a criadora artística assegurou nesse dia um lugar no Reino dos Céus. Que bom jeito lhe tem dado ao longo destas últimas décadas, em que a malícia não lhe tem conseguido perturbar o percurso de incremento patrimonial dentro da virtude.

publicado por Manuel Vilarinho Pires às 10:49
link do post | comentar
1 comentário:
De Ricardo Sebastião a 4 de Junho de 2018 às 11:15
300 contos mensais de bolsa nos anos 90 para "subsistência de apoio à criação artística"???


Realmente o Louçã tem razão, a dívida é um embuste e deve ser denunciada; mas não aos que nos emprestaram mas sim aos que sorveram os seus frutos ao longo de décadas em rubricas semi obscuras e insignificantes por certo para o contribuinte...

Comentar post

Pesquisar neste blog

 

Autores

Posts mais comentados

Últimos comentários

Eu é que agradeço a chamada de atenção pertinente....
Obrigado pela a atenção dispensada ao meu comentár...
Sou um visitante diário do vosso blog,mas há quase...
Ai que saudades do saudoso Almeida Santos, mas ent...
Eu percebi aonde queria chegar, mas não me parece ...

Arquivos

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Links

Tags

25 de abril

5dias

ambiente

angola

antónio costa

arquitectura

austeridade

banca

banco de portugal

banif

be

bes

bloco de esquerda

blogs

brexit

carlos costa

cartão de cidadão

causas

cavaco silva

censura

cgd

comentadores

cortes

crescimento

crise

cultura

daniel oliveira

deficit

desemprego

desigualdade

dívida

donald trump

educação

eleições autárquicas

emigração

ensino

esquerda

estado social

ética

euro

europa

férias

fernando leal da costa

fernando ulrich

fiscalidade

francisco louçã

futebol

gnr

grécia

greve

impostos

irs

itália

jorge sampaio

jornalismo

josé sócrates

justiça

lisboa

manifestação

marcelo

marcelo rebelo de sousa

mariana mortágua

mário centeno

mário nogueira

mário soares

mba

obama

oe 2017

orçamento

pacheco pereira

partido socialista

passos coelho

paulo portas

pcp

pedro passos coelho

portugal

ps

psd

público

quadratura do círculo

raquel varela

renzi

rtp

rui rio

salário mínimo

sampaio da nóvoa

sns

socialismo

socialista

sócrates

syriza

tabaco

tap

tribunal constitucional

trump

ue

união europeia

vasco pulido valente

venezuela

vítor gaspar

todas as tags

Gremlin Literário no facebook

blogs SAPO

subscrever feeds