Quinta-feira, 15 de Outubro de 2015

Costa de costas

card_antonio_costa_160714.jpg

"É hora, devo ir!"

Costa ainda estará  à frente do PS por horas? Dias? Chegará a congresso? A sua posição tornou-se completamente insustentável a partir de ontem: a posição firme de Passos, os resultados finais com a  votação dos emigrantes, a "soprada" decisão de Cavaco, o tapete tirado pelo PCP, acabaram com qualquer veleidade.

Resta-lhe voltar para o parlamento onde será sempre um espinho cravado na credibilidade do PS, arrastando penosamente o peso da sua culpa por soberba, e recordando aquele que foi talvez o maior abalo democrático desde 75. Apanhámos um valente susto.

Quem será o homem que se segue no PS? Que obra gigantesca o espera? Recuperar a credibilidade desbaratada por Costa nesta campanha e pós, será trabalho muito duro.

O PS é necessário para a democracia portuguesa. Oxalá corra tudo bem no período cheio de incógnitas que se avizinha e se consiga reestruturar a tempo de participar com mensagem de realidade e esperança em futuras eleições.

Boa sorte. 

 

publicado por João Pereira da Silva às 06:22
link do post | comentar
16 comentários:
De Anónimo a 15 de Outubro de 2015 às 11:25
A parte hilariante do seu comentário (e da nossa extrema esquerda) é a perpetuação da ideia que Portugal nunca foi (nem é) governado à esquerda.

É um pouco quem vive no norte extremo de Portugal, mesmo na fronteira com Espanha, e diz que (todo o Portugal) é o sul. É mesmo esse o problema da nossa esquerda, vivem tão no extremo que tudo o resto já fica "para a direita".

Venha mais um resgate, pois ao contrário do que a "extrema esquerda" diz, já fomos governados várias vezes por uma esquerda quase ideológica e o resgate foi mesmo o desfecho inevitável. -- E não, não me refiro a Sócrates.

Mas já que falamos dele... relembre-se que o único problema que esta "extrema esquerda" alguma vez teve com Sócrates é que este não estava a gastar o suficiente.
De Roubado a 15 de Outubro de 2015 às 12:27
Onde estão os 78 mil milhões do resgate? Quanto pagámos pelo BPN? Quanto vamos pagar pelo BES? E pelo BANIF e pela CGD? e pelo BPP? E pelos SWAP's, negociados pelo ministra das finanças? E os submarinos? É que nisto tudo só vejo gentalha do PSD.
De João Pereira da Silva a 15 de Outubro de 2015 às 13:38
Caro "Roubado",

Desejo-lhe que ponha trancas à porta.

São muitas perguntas para um só homem responder.

Respondo-lhe à dos 78 ,mil milhões:

- Foram aplicados no pagamento de dívida feita com projectos megalómanos com o fim de enriquecer uns quantos durante os governos anteriores.

- Foram usados para pagar subsídios de desemprego a gente que ficou sem emprego pela deriva política de acharmos que tínhamos de produzir pouco e gastar muito em bens estrangeiros descurando a competitividade e produção nacional.

- Pagaram pensões de um sistema regressivo que favorece os que mais têm. (ver posts anteriores aqui no blog sobre o assunto).

- Financiaram um estado ineficiente e pouco produtivo com salários superiores à média dos privados. Repare que há muitos funcionários públicos bons, capazes e trabalhadores, mas o sistema herdado oferece muitas dificuldades.

- Pagaram o custo de algumas reformas indispensáveis e correcções que, apesar de tudo o que se possa dizer, o governo actual executou. A evolução dos indicadores económico-financeiros está disponível para consulta em entidades nacionais independentes e internacionais.

Por último, o dinheiro da troika veio a taxas de juro que não conseguiríamos obter no mercado e sem ele teríamos falido, deixado o euro e entrado em completa desgraça e miséria.

Acha pouco?

Quanto às restantes questões, por favor vá lendo por aí que há muita informação disponível.

Cumprimentos.

Comentar post

Pesquisar neste blog

 

Autores

Posts mais comentados

Últimos comentários

Como me fiei em endereços do seu perfil, recebi a ...
Perceber da Vida é o melhor, gato. Obrigado.
Muito bom post, no seu estilo. Mordaz, q.b.E que e...
Extintores (https://www.comprarextintoresbaratos.e...
Além de concordar, acho graça ao seu estilo de red...

Arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Links

Tags

25 de abril

5dias

adse

ambiente

angola

antónio costa

arquitectura

austeridade

banca

banco de portugal

banif

be

bes

bloco de esquerda

blogs

brexit

carlos costa

cartão de cidadão

catarina martins

causas

cavaco silva

cds

censura

cgd

cgtp

comentadores

cortes

crise

cultura

daniel oliveira

deficit

desigualdade

dívida

educação

eleições europeias

ensino

esquerda

estado social

ética

euro

europa

férias

fernando leal da costa

fiscalidade

francisco louçã

gnr

grécia

greve

impostos

irs

itália

jornalismo

josé sócrates

justiça

lisboa

manifestação

marcelo

marcelo rebelo de sousa

mariana mortágua

mário centeno

mário nogueira

mário soares

mba

obama

oe 2017

orçamento

pacheco pereira

partido socialista

passos coelho

paulo portas

pcp

pedro passos coelho

populismo

portugal

ps

psd

público

quadratura do círculo

raquel varela

renzi

rtp

rui rio

salário mínimo

sampaio da nóvoa

saúde

sns

socialismo

socialista

sócrates

syriza

tabaco

tap

tribunal constitucional

trump

ue

união europeia

vasco pulido valente

venezuela

vital moreira

vítor gaspar

todas as tags

Gremlin Literário no facebook

blogs SAPO

subscrever feeds